Você sabe o que é URL amigável?

A importância da URL amigável, muitos lojistas na hora de criar seu e-commerce, ao escolher uma plataforma de criação de loja virtual, não se atenta em alguns detalhes de SEO, e um dos principais deles é a URL amigável. Todos nós sabemos, que hoje em dia o SEO é muito importante, para o crescimento de um site ou loja virtual, junto aos sistema de buscas principalmente o da gigante Google. Por isso ao escolher uma plataforma para montar sua loja virtual, é muito importante se atentar a essas ferramentas disponibilizadas pelas mesmas. Hoje o nosso foco é a URL amigável, abaixo indicaremos o exemplo de uma URL normal e de uma URL amigável. Sem URL amigável Antes do crescimento do SEO, usava-se muito a URL padrão na qual mostramos, logo abaixo no exemplo. Sem URL amigável: http://www.lojavirtual.com.br/cod_produto=4496667.loja Hoje em dia A URL Amigável é essêncial para a otimização da loja para buscadores como o Google, Bing, Yahoo, dentre outros, por isso você precisa sim se preocupar com esses detalhes no momento em que for, procurar uma plataforma para criar sua loja virtual. URL Amigável Abaixo damos um exemplo de como funciona a URL amigável. Com URL Amigável: http://www.lojavirtual.com.br/produto_1989_115_gravata_prata_em_jacquard.loja – O Google recomenda o seguinte para URLs amigáveis: – Use palavras ao invés de números ou códigos – Quanto mais curto o endereço, melhor – Evite subdomínios – Use palavras-chave relacionadas a seu site – Nunca tenha 2 URLs levando para a mesma página Lembre-se que o Google e outros buscadores, se preocupam e muito em indexar páginas de forma relevantes, quanto mais amigável for a URL de seu site ou loja virtual, melhor será...

Mantenha o estoque de sua loja virtual em dia

Quando se fala da logística de entrega, um dos maiores problemas é o estoque de sua loja virtual. Então mantenha o estoque de sua loja virtual em dia, esse é um ponto fundamental para que seu comércio eletrônico tenha sucesso online. Uma situação chata, é quando fazemos compras em uma loja virtual, efetuamos o pagamento ficamos na espera da chegada do produto, e nós deparamos com um e-mail que aquele produto, não consta mais em estoque. Ai vem a pergunta, se pode enviar um outro similar, ou se pode efetuar a devolução do valor pago. Chato isso não é mesmo? Então evite essa situação em sua loja virtual, faça suas compras com os fornecedores antecipadamente, não deixe acabar para comprar, mantenha o estoque de sua loja virtual, sempre atualizado com valores reais de disponibilidade, dessa forma vai evitar transtorno tanto para você lojista, quanto para cliente, que as vezes faz a compra de um produto para presente, e acaba não chegando a tempo devido ao cancelamento. O não manter seu estoque atualizado, deixando para efetuar a reposição já com a compra efetuada, acaba atrasando sua logística de entrega também, e consequentemente o tempo de entrega descrito na loja virtual, extrapolando qualquer prazo sobre a entrega final do produto, e em muitos casos desagradando o cliente, que muitas vezes prefere efetuar a devolução da mercadoria, uma vez que ele tem a seu favor o código de defesa do consumidor. Manter o prazo de entrega de um produto, é dar confiança de compra para seu cliente. O fator atraso de entrega, lidera a lista de reclamações sobre lojas virtuais, mantenha seu cliente...

Cresce as vendas pela internet em 2014

O primeiro semestre parece ter sido bem promissor para o comércio eletrônico, e cresce as vendas pela internet em 2014, nesse primeiro semestre foram registrados um faturamento no valor de R$ 16 bilhões, uma alta de 26% em relação ao mesmo período do ano passado. A estimativa para faturamento até o final do ano, é atingir uma receita nas vendas de R$ 35 bilhões, isso significa um resultado de 21% maior que em 2013, chegando alcançar 104 bilhões em pedidos, esses dados são do relatório WebShoppers, que foi divulgado pela E-bit, empresa especializada em informações do comércio eletrônico. Esses números mostram que o comércio eletrônico, esta conseguindo atrair cada vez mais os consumidores Brasileiros, a efetuarem compra online, aproveitando dessa forma os atrativos oferecidos pelas lojas virtuais, no qual conta com o conforto de comprar sem sair de casa, promoções que são realizados online, possibilidade de frete grátis, variedades de produtos a escolher, e conta com a possibilidade de fazer suas pesquisas online, e consultar preços em diversas lojas virtuais. Um dos grandes fatores, que fizeram esses números de vendas online aumentarem, foi a entrada de novos consumidores virtuais que segundo o relatório foi de 5,06 milhões, totalizando 25,05 milhões de comprando online nos primeiro semestre de 2014. Segundo a E-bit até o final do ano a previsão é de que as lojas virtuais brasileiras venham alcançar 63 milhões de consumidores que já tenham realizados ao menos uma compra online. Esses números vem mostrar, o crescimento das vendas pela internet em 2014. Querendo criar sua loja virtual? Utilize nossa plataforma loja segura, robusta e de qualidade para você vender...

Pesquisa mostra queda de preço na internet

Nós últimos 12 meses pesquisa mostra queda de preço na internet, segundo o índice da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas e do site Buscapé, os preços na internet apresentaram quedas de 1,31%. Matéria publica pela revista exame online: Os preços no comércio eletrônico caíram 0,02% em julho em relação ao mês anterior, de acordo com o índice da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas e do site Buscapé (Fipe/Buscapé), divulgado nesta segunda-feira, 04. No acumulado de 12 meses, o índice apresentou queda de 1,31%. Essa redução anual, destacam as instituições responsáveis pela pesquisa, contrasta com os aumentos nos índices de preços aos consumidores gerais, como o IPCA do IBGE e o IPC-Fipe, que tiveram aumento de preço em 12 meses de 6,52% e 5,05%, respectivamente. Continuar...

Detalhes do produto da loja virtual dicas para melhorar

A página de detalhes do produto da loja virtual sempre foi um problema, muitas lojas virtuais não se dedica a informar em detalhes, todas as informações necessárias sobre os produtos que estão comercializando online, o que deixa os clientes confuso e acabam perdendo vendas. Lendo um artigo publicado no E-commerce Brasil, autora Greisy Paini, no qual achei muito interessante onde ela destaca, (17 boas práticas para página de detalhes do produto). Achei sensacional e muito completo, são dicas fundamentais, que vale muito apena ler, pois com certeza irá ajudar e muito você a vender mais em sua loja virtual, são destacados layouts, otimização da descrição para buscadores, organização e informações sobre os produtos, vídeos do produto á venda na página de detalhes, destaque do botão comprar, informações sobre o frete, sobre formas de pagamentos dentre várias outras dicas. Em um artigo publicado em nosso site, foi dito que a página de detalhes do produto, ela é seu vendedor online, por isso é preciso que seja inserido a maior informação possível sobre o produto, assim como mais de 1 imagem, para que o cliente tenha uma ideia de como é o produto e não ter dúvidas para comprar. Não deixe de ler essa matéria que é muito importante tanto para quem tem e para quem esta criando seu comércio online. Link para a...

Porque ter uma loja virtual e vender online

A pergunta é… Porque ter uma loja virtual e vender online. O mercado que tinha muitas críticas, devido a problemas na entrega e pelo atendimento ao cliente, parece estar se recuperando e dando a volta por cima, o e-commerce Brasileiro vem crescendo a cada ano que passa. Segundo pesquisa do E-bit, muitos varejistas estão aderindo as vendas online, e assim aumentando seu faturamento, principalmente em datas festivas. Segundo Pedro Guasti, diretor geral da consultoria do E-bit, o varejo Brasileiro pode estar diante de um fenômeno que nos Estados Unidos é muito comum, é o “Sow rooming”. É quando a pessoa vai até a loja física, mais é para poder apalpar e ver o produto mais de perto, e na realidade acaba fechando a compra pela internet. Para se ter uma ideia no dia do consumidor 19 de março, segundo levantamento feito pelo E-bit, o e-commerce Brasileiro movimentou R$ 174 milhões, um valor que representa um crescimento de 64%, em relação a uma quarta-feira comum. Abaixo segue gráfico que mostra os números, de crescimentos do e-commerce nacional. [divider height=”30″ line=”1″] Previsões do e-commerce para 2015 Vendas 1,4 TRI online. Nós últimos 2 anos 5 milhões de pessoas da classe C passaram a comprar online. Fonte E-bit. Número de usuário com acesso a internet 84 milhões. 3º País mais conectado. 87% usam a internet para pesquisar seus produtos ou serviços. Frequência de acesso de usuários a internet Acesso diário. 4 a 6 vezes por semana. 2 a 3 vezes por semana. Uma vez por semana. Se você tinha dúvidas, para criar sua loja virtual!!! Não tenha mais crie hoje mesmo sua...