Monopólio do Google prejudica concorrência no Brasil, diz CEO do Buscapé

Em entrevista ao jornal O Globo, o novo presidente do Buscapé Company na América Latina, Rodrigo Borer, criticou a forma como o Google utiliza os anúncios de outras empresas dentro dos serviços de pesquisa da companhia. Para Borer, a gigante das buscas compromete a competição entre sites de e-commerce porque destaca apenas as páginas incluídas ou que direcionem para o Google Shopping, plataforma de compras online com sistema semelhante a sites como Mercado Livre e o próprio Buscapé. “Nós não temos problema em ter o Google como competidor, só que ele está beneficiando um produto dele e causando uma distorção na livre concorrência”, declarou o executivo. Ele destacou que o Google detém o monopólio das buscas na internet no Brasil –  95% dos brasileiros utilizam a ferramenta -, e que justamente por esse motivo não deveria promover seus produtos em cima dos outros. Borer ainda explica que, quando o Google anunciou o lançamento do Shopping por aqui, o Buscapé (e outras empresas do setor) começaram a monitorar os resultados de busca no Google para diferentes produtos. Feito isso, eles constataram que os itens vendidos pelo Shopping sempre apareciam na frente dos serviços de outras corporações. Isso motivou o Buscapé a procurar o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) em 2011, que abriu investigação contra o Google só em outubro do ano passado. “Nesse meio tempo, o Google passou a ser investigado pelo Federal Trade Comission (FTC), nos Estados Unidos, exatamente pela mesma coisa [priorizar os próprios produtos nas buscas feitas pelos usuários], e na Europa também. Só que nos EUA eles não têm 95% das buscas; lá, o Bing (da Microsoft) é...

Varejo brasileiro crescerá 11% no ano de 2014, apontam especialistas

No ano de 2014 o varejo brasileiro deve crescer aproximadamente 12% e chegar próximo da marca de R$ 30 bilhões em vendas. A estimativa foi feita pelo eMarketer e, apesar de positivo, está abaixo do crescimento de 14,8% apresentado no ano passado. A queda, no entanto, é uma tendência e, depois de 2014, é provável que o crescimento caia para a casa de um único dígito nos anos posteriores. Situação do varejo brasileiro nos anos de 2012 a 2017 (expectativa) De acordo com Bill Fisher, a queda da taxa de crescimento ao longo dos anos se dá pelo e-commerce ainda não ser uma modalidade de compra tão difundida no país. Mesmo com o relativo crescimento, o Brasil só será o 10º maior mercado do mundo se suas vendas online forem comparadas com as de outros países. Estima-se que esse mercado contará com 108 milhões de usuários da internet ao fim de 2014, mas somente 37,7% deles farão compras pela internet até lá. Isso significa que, de todo esse universo, apenas 33 milhões de usuários da internet no país pedirão seus produtos através da rede de computadores. Gráfico que mostra a relação entre crescimento e número de compradores online no Brasil de 2012 a 2017 (expectativa) Embora o número represente 36,4% de todos os consumidores da América Latina, ele ainda é substancialmente inferior ao de outros mercados mais desenvolvidos. Nos Estados Unidos, por exemplo, 74,5% dos usuários da internet farão compras online até o fim de 2014. Se as coisas continuarem no ritmo que estão, até o fim de 2017 o Brasil terá se distanciado muito pouco da média de consumidores digitais da região, que é...

Montei minha loja virtual, mais ela não vende!

O comércio eletrônico vem crescendo a cada dia que passa, a estimativa para esse ano é de que o faturamento desse setor pode chegar a atingir o valor de 22 bilhões de reais, se essa estimativa se confirmar, teremos um crescimento de 20% em relação aos anos anteriores, isso mostra a força desse setor. Um outro número que o comércio eletrônico pode vir a bater o recorde é que aproximadamente 40 milhões de Brasileiros pode vir a fazer ao menos 1 compra nas milhares de lojas virtuais existe no comércio online nacional, isso mostra que o mercado vem se aquecendo a cada ano que passa, isso significa que o comércio eletrônico esta em alta e a tendência é um crescimento ainda maior para o ano que vem. Se a tendência é o crescimento, nada como se preparar para agir online, muitos lojistas as vezes reclama que as vendas estão ruim, que sua loja virtual não tem o desenvolvimento esperado, e que é difícil se trabalhar no mundo virtual, mais na realidade o que falta é um pouco de conhecimento, vamos descrever abaixo algumas dicas para ajudar a melhorar as vendas, claro que também se não houver por parte do lojista um investimento em publicidade, seria como montar uma loja em rua sem saída, e ai acaba vindo decepção com as vendas e o gostinho do fracasso. Frete Grátis Uma das dicas que mais se vigora e que mais chama a atenção do cliente, é a questão do frete grátis,  quando um cliente entra em uma loja virtual ele esta procurando um produto bom de qualidade, mais também quer fazer economia,...

Uma boa publicidade para sua loja virtual é a indicação

Para quem monta uma loja virtual, nada é diferente do mundo físico quando se trata de indicação, digamos que seria a mesma coisa de um comércio físico quando fazemos uma indicação, se você indicar um comércio físico para um amigo ou parente, essa indicação tem uma relevância, e no comércio virtual isso não é diferente sempre digo que o boca a boca é e sempre será uma excelente publicidade e melhor de tudo gratuita. Essa indicação ela tem sua relevância, pois quando indicamos a compra em um estabelecimento, estamos passando para essa pessoa nossa experiência e a confiança de que aquele estabelecimento é um bom lugar para se comprar, e essa propaganda ela acaba se espalhando, pois eu indico para você, você indica para o fulano, o fulano indica para o ciclano, o ciclano para o beltrano e assim assim vai, acaba virando um efeito dominó, então essa indicação ela é preciso ser levada em consideração e sem dúvida é a melhor publicidade. E no mundo virtual nada disso é diferente, um cliente satisfeito com a compra, atendimento e entrega com certeza irá indicar sua loja virtual para seus amigos e conhecidos, se o mesmo acontecer com eles claro, eles irão repassar essa mesma visão para os amigos deles, então coloque em mente que um cliente satisfeito é popularidade para sua loja virtual e vendas praticamente concretizadas. É de seu conhecimento saber que para manter um cliente, é uma alternativa que custa menos que cativar um novo cliente, não que não precisemos de novos clientes nada disso, e sim manter as atenções para os já existentes em seu cadastro, pois podemos dizer que...

Evite plugin de som na loja virtual

Com o crescimento da utilização de tecnologia e-commerce, muitas lojas físicas hoje estão abrindo seu e-commerce online, hoje você tem uma infinidade de lojas virtuais espalhas pela internet, para efetuar suas compras, isso significa o crescimento e a força das vendas online. Eu resolvi escrever esse artigo hoje, devido a visitação e frustração que tive ao entrar em uma loja virtual e a mesma começar a tocar um rock, nada contra o estilo de música, eu mesmo gosto de rock, mais a hora não era propícia para o estilo além de tudo o PC que eu estava tinha um subwoofer do lado, já deu para imaginar o tamanho do susto e incomodo, pois eu estava acompanhado de outras pessoas nessa pesquisa de produtos, fechei a página e fui à procura de outra loja virtual, conclusão esse procedimento pode levar a loja virtual a perder vários clientes. Mais se você começar a navegar pela web, você vai começar a visitar várias lojas virtuais algumas muito interessante, atraente com preços bem competitivos, loja que realmente agrada o cliente a permanecer na loja, a visitar os produtos navegar pelas categorias, mesmo que não seja para comprar, mais a loja é convidativa para se navegar e conferir seus produtos, e isso é importante mesmo que esse cliente não venha comprar agora, mais o importante é que essa loja já ficou marcada em sua mente ou favoritos, para uma futura compra, quem sabe ele não visite essa loja. Lojas bem qualificadas com suas categorias bem construídas, layout atraente leve chamativo, fotos de produtos com boa visibilidade e qualidade, título de produtos bem construtivos, uma descrição...
Página 2 de 3123